segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Lume


18 comentários:

Álly Ferreira disse...

Que belo!

Fabrício Franco disse...

Olá, Állyssen!

Seja sempre muito bem-vinda por aqui! Sinta-se à vontade, a casa é nossa! ;)

Um beijo!

Su Palanti disse...

Felicidade? O que é mesmo isso? Gostei da sua definição, mas gostaria de ter uma definição eu mesma... Será que um dia conseguirei?
Adorei sua poesia.
Bjusss

Fabrício Franco disse...

Su,

O mais importante é a busca: uma hora, de tanto buscá-la, a felicidade nos encontra, no meio do caminho.

Beijos e obrigado pela visita!

Anônimo disse...

ao ler, pensei que era fuga de nossa escuridão. ao reler, pensei em norte, direção. preciso muito ajeitar a bússola em meu peito!

beijo.

Patrícia

Fabrício Franco disse...

Patrícia,

... É tudo isso, concomitante. Suas leituras apontam para ambas as trilhas que temos para a felicidade ser nossa parceira de caminhada. Sou muito grato pelo seu olhar acurado!

Beijo!

Rafaela Gomes Figueiredo disse...

Sim!
Como as estrelas q, dentro da noite, reverberam-se em resquícios de vida.
Felicidade é vida!

Um beijo

Fabrício César Franco disse...

Rafaela,

Como eu li alhures, estrelas querem dizer "ossos do universo", na língua indígena siletz. A felicidade, então, seria os ossos da vida?

Beijos e obrigado pela visita!

Rafaela Gomes Figueiredo disse...

Hum...outra muito boa metáfora! ;)

Beijos

Fabrício César Franco disse...

Rafaela,

Felicidade então, é isso: encontrar metáforas que mitiguem o peso do nosso caminhar.

Beijo, com carinho!

Nanda disse...

Parabéns pelo novo visual do Logo; ficou bem simpático! Com relação à felicidade; a cada momento, ela pode ganhar uma nova forma! Pode estar em pontos de luz; num abraço; numa vitória; num reencontro... Isso que é bom! Felicidades =D

Fabrício César Franco disse...

Nanda,

Obrigado pela visita. Você, que viu o antigo Logomaquia, os primórdios e a evolução desse, sabe o quanto buscava um formato, assim, como você disse, simpático.

Felicidades para você também!!

Anônimo disse...

Caríssimo POETA,
Novo ano! Novo "visual"! Muito agradável de se ver (sobretudo de se ler!)
E que você continue iluminado. Que a LUZ lhe traga a Felicidade,sempre,(nos pequenos e nos grandes momentos).
SEM PROSELITISMO, devo comentar a coincidência: hoje, uma das leituras do Domingo é a do Profeta Isaías, sobre o envio de JESUS, como LUZ: "Eu, o Senhor te chamei para a justiça e te tomei pela mão (...) te constituí(...) como LUZ das nações(...) para livrar do cárcere os que vivem nas trevas."
Grande abraço!
Andrea Marcondes

Fabrício César Franco disse...

Andrea,

... Fiat lux!

Abraço!

Raquel Sales disse...

Fabrício,

como bem disse o Lulu,
"Não existiria som
Se não houvesse o silêncio
Não haveria luz
Se não fosse a escuridão
A vida é mesmo assim,
Dia e noite, não e sim..."
O problema: o pânico diante da noite escura, fecha nossos olhos diante de milhares de estrelinhas.

Mas um dia a gente aprende (repetitivo eu sei rsrsrs)...

Bj

Fabrício César Franco disse...

Raquel,

Sabe do que mais gosto em seus comentários? Das múltiplas citações musicais!!!

Beijo!

Raquel Sales disse...

Fabrício,

Fico feliz!
Músicas, poesias e fotos são algumas das estrelinhas nas minhas noites escuras... Quando partilho estrelinhas, elas ficam mais radiantes...
Egoísmo ou autruísmo? Não sei... rsrsrs

Outro bj



Fabrício César Franco disse...

Raquel,

É altruísmo, com certeza. Partilhar o que se sabe, do que se gosta, é só motivo de júbilo.

Beijo!

 
;